quinta-feira, 5 de novembro de 2009

REFLEXÃO


Um professor pediu para que os alunos levassem batatas
e uma bolsa de plástico para a aula.
Ele pediu para que separassem uma batata para cada pessoa
de quem sentiam mágoas, escrevessem os seus nomes nas batatas
e as colocassem dentro da bolsa.
Quase todas as bolsas ficaram muito pesadas.
A tarefa era a seguinte: Durante uma semana os alunos tinham
que levar a bolsa com as batatas para todos os lados.
As batatas foram apodrecendo naturalmente com o tempo.
O fato de ficar atento à bolsa, para não esquecê-la em nenhum lugar,
fazia com que os alunos deixassem de prestar atenção
a outras coisas que eram importantes para eles.
O incômodo de carregar a bolsa, o tempo todo,
acabou mostrando o tamanho do peso que tem a mágoa.
Quando damos importância aos problemas não resolvidos
ou às promessas não cumpridas, nossos pensamentos
enchem-se de mágoa, aumentando o estresse e roubando nossa alegria.
Eu mesma, em diversos momentos sinto-me chateada, ressentida, magoada ...
Mas tudo isso é um "estado", eu apenas me sinto assim e logo logo, "baixo a guarda".
ESTAR assim em alguns momentos, faz parte do dia a dia de qualquer ser Humano,
mas PERMANECER assim é uma questão de escolha ...
Perdoar e deixar esses sentimentos irem embora é a única forma
de trazer de volta a paz e a calma.
Para não carregar essa bolsa cheia de mágoas, "jogue fora suas "batatas"
e deixe o ressentimento de lado.
Faz bem para você, para a vida e para quem está perto de você !!

Nenhum comentário:

Postar um comentário